Menu fechado

Calendário Hindu

Antes de Júlio César criar, com a ajuda do astrônomo Sosígenes, o calendário dito juliano, os romanos tinham meses lunares, que começavam em cada lua nova.

Costumava-se, em todo primeiro dia da lua nova, chamado dia das calendas (“calendae”), convocar o povo no Capitólio por um dos pontífices para informar as celebrações religiosas daquele mês. O pontífice mencionava um por um os dias que transcorreriam até as nonas, repetindo em voz alta a palavra “calo”, eu chamo.

A partir do calendário juliano, que não era mais lunar, as nonas foram o quinto dia nos meses de trinta dias e o sétimo nos meses de trinta e um. De “calendae”, os romanos criaram o adjetivo “calendarius”, relativo às calendas, e o substantivo “calendarium”, com o qual designavam o livro de contas diárias e, mais tarde, o registro de todos os dias do ano.

Em nossa língua portuguesa, até o século XIII, a palavra calendas era empregada, no entanto, para denominar o primeiro dia de cada mês e calendário a lista dos dias do ano com suas correspondentes festividades religiosas.

O calendário dos gregos não tinha calendas, e assim os romanos conceberam a expressão “Ad calendas graecas”, para as calendas gregas, para referir-se a algo que não iria ocorrer nunca.

Sobre o termo Calendário Hindu

O termo calendário hindu é um pouco confuso, pois ele se refere a um conjunto de calendários regionais da Índia, que se comportam de formas distintas, assim como o calendário nacional indiano.

O governo da Índia adotou um calendário nacional, o Calendário hindu, em 1957 para unificar os cerca de 30 calendários existentes no país, usados para determinar festas religiosas hinduístas, buditas, jainistas, islâmicas.

E, muito embora coincida com o gregoriano na contagem de dias e nos anos bissextos, o novo calendário conta o tempo a partir da Era Saka, que corresponde ao ano 79 da Era Cristã. Para os festivais religiosos é usado um calendário lunissolar. Nesse caso, os meses lunares são contados a partir da lua nova e ganham o mesmo nome do mês solar em curso.

  • Shupiran – Janeiro
  • Kagueink – Fevereiro
  • Chulpzk – Março
  • Daimicu – Abril
  • Daincutze – Maio
  • Mathek- Junho
  • Mithak – Julho