Menu fechado

Dia do Irmão: 5 de setembro

dia do irmão

É fácil, muito fácil definir um irmão. Na prática, é uma pessoa cujos pais – pelo menos um deles – são os mesmos que os seus. É esse ser que o Dia do Irmão celebra.

Por outro lado, também se define “irmão” como aquele ou aquela “cara que fica pegando no pé seja do irmão mais velho ou mais novo”. Bem, o Dia do Irmão pode ser um dia para se homenagear tanto uma definição quanto outra. Inclusive, nem precisa ser irmão de sangue.

Para que serve o Dia do Irmão

O dia do irmão celebra os laços fraternos eternos.
O dia do irmão celebra os laços fraternos eternos.

Os vínculos entre irmãos são naturais. Ou seja, não há regras sociais que obriguem dois irmãos a se respeitarem ou gostarem um do outro. A “coisa” acontece naturalmente. E, dentro desse “naturalmente”, há diversas maneiras de comprovar os vínculos.

E pode até ser por meio de briguinhas. Dizem mesmo que, não havendo brigas, não será caracterizada como relação entre irmãos. Claro, não é necessário chegar a extremos – como Caim e Abel -, mas uma briguinha aqui e outra acolá são sempre bem-vindas.

Assim, beijos e beliscões, abraços e empurrões, carinho e ranhuras etc. são elementos de um mesmo relacionamento saudável. São esses pontos que definem a personalidade de cada um. Dessa maneira, aos trancos e barrancos, os “atores” vão descobrindo seus limites.

O que é exatamente o Dia do Irmão

O dia do irmão é uma data comemorativa para celebrar o vínculo entre irmãos.
O dia do irmão é uma data comemorativa para celebrar o vínculo entre irmãos.

Há datas comemorativas para tudo na vida. Ou quase tudo. Uma situação que ainda não tenha uma data específica certamente é uma situação que não existe. Claro que a intenção dos idealizadores é chamar a atenção para os problemas inerentes a cada situação. Porém, muitas são estranhíssimas.

Assim, há:

  • Dia dos Avós (26 de julho) – já que existe Dia das Mães, muitos não entendem como alguém pode ser avó sem ter sido mãe. A data poderia ser para homenagear mães cujas filhas faleceram e, assim, recebem congratulações dos netos. Mas ninguém gostaria de comemorar uma situação semelhante, é ou não é?
  • Dia do Enfermo (11 de fevereiro) – a gente fica aqui imaginando como seria você chegar para um amigo e homenageá-lo por estar doente. A data foi promulgada pelo Papa João Paulo II, mas ainda não vingou
  • Dia dos Adultos (15 de janeiro) – outro oportunismo econômico-comercial que não pegou
  • Dia do PI (14 de março) – Em muitas partes do mundo, as datas são escritas na sequência “mm/dd/aa”. Então, “3/14” é ideal para o dia. E então? Você sai por aí desejando “feliz Dia Mundial do Pi” pros amigos?

E por aí vai. Contudo, há datas cujas celebrações são realmente importantes e interessantes. Uma delas é justamente o Dia do Irmão ou Dia dos Irmãos ou ainda Dia dos Irmãos e Irmãs. É nela que você tem oportunidade para expressar todo o carinho que sente por seus fraternos.

Dia do Irmão é data controversa?

Festejar a existência de irmãos é postura inerente dos que gostam de conviver em harmonia. O Dia do Irmão é uma dessas datas a que as pessoas se referem com “mas dia do irmão deve ser todo dia”. Claro, sim, é isso. Tanto quanto o Dia das Mães e o Dia dos Pais também são.

Mas por que não haver um dia voltado especificamente para eles, mães, pais e irmãos?

Afinal, a civilização atual é plena de “afazeres diários, de situações cotidianas”. Assim, nem sempre há oportunidade para se expressar todo o carinho que a gente tem para com essas pessoas. Então, por que não aproveitar? Não é mesmo?

“Você não tem nada a ver com isso”

Afinal, as situações que a gente vive com os irmãos são únicas, são extensão da existência da gente. Eles estão sempre ali, ao lado, ainda que eventualmente nada façam. A simples presença deles já é alento, já é apoio psicológico. E a gente nem percebe isso.

É como aquele móvel que está ali e a gente nem nota. Porém, se for retirado, faz uma falta danada. Então, sabe aquela frase “não se meta na minha vida”? Pois é! É completamente inócua, não tem efeito algum, não tem qualquer sentido.

Seu irmão ou irmã vai se meter na sua vida quer você queira ou não. E isso é fantástico! É extraordinário! É fenomenal quer você queira ou não.

Quando é o Dia do Irmão

O dia do irmão é celebrado em 5 de setembro.
O dia do irmão é celebrado em 5 de setembro no Brasil.

O dia em si não é o mesmo em todos os países. Nem mesmo o mês. Porém, o Dia do Irmão tem caráter universal, isto é, comemora-se na esmagadora maioria das regiões do mundo.

No Brasil, o Dia do Irmão é comemorado em 05 de setembro. Deu-se por ação da Igreja Católica em 2007 para lembrar o dia do falecimento da Madre Teresa de Calcutá.

Afinal, no cenário católico e religioso em geral, o termo “irmão” tem alcance social e chega a ser sinônimo de “o próximo, o semelhante”. Segundo a história religiosa, a Madre homenageada dedicou toda sua vida em prol do próximo, ou seja, dos “irmãos.

Dia do Irmão nos EUA

Já na América do Norte, o Dia do Irmão é sempre em 10 de abril. Lá, é chamado National Siblings’ Day. Porém, nos EUA, há dois outros dias em que se pode celebrar o Dia do Irmão: último sábado de março e 02 de maio. Mas essas datas não têm força real.

O Dia do Irmão nas Terras do Tio Sam não é ainda data federal, ao contrário do Dia dos Pais e do Dia das Mães. Entretanto, diversas instituições têm trabalhado para alterar esse estado de coisas.

Dia do Irmão na Europa

O Dia do Irmão é celebrado no dia 31 de maio na Europa. O dia, aliás, foi oficializado pela Assembleia Geral da Confederação Europeia das Famílias Numerosas – Elfac em 2014. Nesse ano, inclusive, a instituição fizera uma espécie de experimento social, lançando a ideia.

Naquele continente, houve uma “complexa equação para se chegar a essa data”. Ela é antes do Dia das Crianças, que é em 01 de junho. Além disso, é também o último dia de maio, mês cujo clima é familiar, já que o Dia das Mães é nos primeiros domingos desse mês.

Para completar a equação, a data é também anterior ao Dia Internacional da Família, 15 de maio, criado por Resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas em 1993.

Famosos para lembrar o Dia do Irmão

dia do irmão: famosos
Há vários irmãos famosos no Brasil e no mundo.

O mundo das celebridades tem muitos irmãos conhecidos. Porém, há também alguns que você nem sabia que eram irmãos.

  • Os irmãos Grimm das histórias infantis
  • Sandy e Junior, dupla de irmãos cantores
  • Os Wright, considerados pioneiros na viação
  • Jackson Five, grupo integrado pelos irmãos de Michael Jackson
  • Chitãozinho e Xororó, famosa dupla sertaneja

A lista é enorme. Se você se lembrar de mais, destaque abaixo na área de comentários.

E você? Tem alguma história sobre Dia do Irmão?
Se tiver, registre na área de comentários abaixo. Por outro lado, tendo ou não tendo, deixe também sua opinião sobre este artigo.