Menu fechado

Feriados em Minas Gerais

Minas Gerais é um estado forte. E interessante. E simpático. O “jeitão caipiresco” de Minas Gerais é conhecido no Brasil inteiro. Aliás, é motivo para diversas brincadeiras e piadinhas muito legais que apenas destacam a inteligência do mineiro. Há até quem diga que esse “jeitão” deveria ser homenageado com feriados em Minas Gerais. E isso seria uma grande iniciativa.

Minas Gerais é o quarto maior estado do país e o segundo com maior população. Compõe a Região Sudeste, juntamente com São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Seus limites são ao sul e sudoeste com São Paulo; a oeste com Mato Grosso do Sul; a noroeste com Goiás e Distrito Federal; a norte e nordeste com a Bahia; a leste com o Espírito Santo; a sudeste com o Rio de Janeiro. Possui 853 municípios, o que o torna o estado do Brasil mais recortado por municípios.

Minas Gerais já foi São Paulo

Minas gerais tem história que demonstra aquela força mencionada no início deste artigo. Essa mesma história mostra também a simpatia de um povo altamente trabalhador. A saga de Tiradentes, o ciclo de ouro e prata e, mais recentemente, a expressividade política que o estado conseguiu são exemplos de momentos de sua história.

Se a gente fosse elencar motivos para haver feriados em Minas Gerais, certamente haveria poucos dias no ano destinados ao trabalho, à produção. Afinal, Minas Gerais é um dos estados que detêm enorme corpo folclórico, tradicional e histórico do país.

Interessante: Minas gerais um dia foi São Paulo. Ou vice-versa. Em 1709, o governo instituído pela Coroa de Portugal criou uma capitania que abrangia parte das regiões paulista e mineira. Pouco mais de uma década depois, a capitania foi separada em São Paulo e Minas Gerais.

As Bandeiras no início e a Inconfidência no fim

A saga dos bandeirantes que a gente já teve chance de comentar em artigos aqui também atuou nas terras mineiras. O ouro e prata encontrados por eles fizeram de Minas do Ouro, como era chamada na época, a região mais importante da então colônia para os portugueses.

Assim, Minas se tornou centro econômico sem igual na época. Certamente, isso causou povoamento intenso e rápido. Além disso, atraiu atenção de pessoas importantes do reino de Portugal que queriam “sua parte da galinha dos ovos de ouro”.

E, “ouro”, no caso de Minas Gerais, não é retórica nem metáfora. É literal, pois aquelas terras eram abundantes nesses minérios.

Entretanto, houve grande queda na produção de ouro e prata a partir de 1750. A quantidade de contingente humano que retirava material das minas sem estratégias de extração acabou sufocando a oferta da natureza. Isso provocou situações tensas entre Portugal e sua colônia.

Assim, o governo português determinou rígidas regras para arrecadar sempre o mais possível em impostos contra os produtores. Com o passar dos meses, essas regras se tornaram motivo de revolta por parte da elite mineira. Assim, isso foi base para o mais conhecido conflito político da história de Minas Gerais: a Inconfidência Mineira.

Feriados em Minas Gerais

Apesar de toda a riqueza na história do estado, há poucos feriados em Minas Gerais de âmbito estadual. O dia 21 de abril é considerado data magna do estado por meio do Art. 256 da Constituição Estadual, que, aliás, coincide com o feriado nacional de Tiradentes.

Assim, veja alguns feriados nas principais cidades de Minas Gerais.

Feriados em Minas Gerais nas 7 maiores cidades

1⁰. – Belo Horizonte

A população da Capital de Minas Gerais foi estimada em pouco mais de 2,5 milhões de habitantes. Ou seja, Belo Horizonte é o sexto município mais habitado da Região Sudeste. Certamente, é o mais habitado do estado.

Belo Horizonte foi planejada para justamente servir como centro político e administrativo do estado. Aliás, esse fato sofreu forte influência do movimento sociocultural conhecido como positivismo, pois Belo Horizonte foi sendo montada nessa época em que também imperava forte pensamento republicano.

A capital de Minas Gerais já foi mencionada e indicada como metrópole que oferece melhor sistema de vida para sua população. O órgão responsável pela indicação foi o Population Crisis Commitee, da ONU. Ou seja, já ocupou a posição 45 entre as 100 melhores cidades para se viver.

A cidade de Belo Horizonte tornou-se conhecida no mundo inteiro por sua influência cultural. Dispõe de inúmeros e importantes pontos turístico-culturais, como monumentos, parques e museus.

Fundação: 12 de dezembro de 1897

Feriados municipais:

  • 08 de dezembro – Dia da Imaculada Conceição
  • 12 de dezembro: Aniversário da cidade

Eventos

O município dispõe de dezenas de eventos tanto culturais quanto sociais. Anualmente, realiza congressos, feiras, exposições. Além disso, o folclore belo-horizontino é rico e promove diversos eventos anuais para destacar igualmente o folclore nacional como um todo.

Nesse sentido, há exposições e eventos abertos ao público. O Grupo Aruanda, por exemplo, desenvolve pesquisa profunda e organiza grandes eventos para preservar a memória tradicional brasileira.

2⁰. – Uberlândia

Uberlândia está a mais de 500km de distância da Capital mineira, a oeste dela. Tem quase 700 mil habitantes, conforme estimativa de 2018. Ou seja, é o município mais habitado do Triângulo Mineiro – região composta por 35 municípios e que é uma das dez regiões do estado.

O município se emancipou de Uberaba nos fins da década de 1880. Sua geografia é especial, pois possibilitou construção de rodovias que ligam a cidade a grandes centros político-sociais do país.

Uberlândia teve o nome de São Pedro de Uberabinha até sua emancipação. A partir de 1891, passou a denominar-se Uberabinha. Somente a partir de 1929 teve o nome oficializado que é o atual.

Fundação: 31 de agosto de 1888

Feriados municipais

  • 31 de agosto – Aniversário da cidade e Dia de São Raimundo/ul>
  • 15 de agosto – Dia de Nossa Senhora da Abadia, padroeira da cidade

Eventos

Há diversas festas e eventos no município ao longo do ano. Muitos deles, em locais públicos. O Carnaval é bastante disputado por festeiros inclusive dos municípios vizinhos.

As festas juninas e julinas são outro ponto importante da manifestação cultural de Uberlândia.

3⁰. – Contagem

Contagem pertence à Região Metropolitana de Belo Horizonte e é o terceiro município mais populoso do estado (quase 700 mil habitantes) segundo estimativa de 2018.

O crescimento do município nas últimas décadas fez que seus limites praticamente se misturassem com os da Capital, Belo Horizonte. Com isso, tornou-se um dos mais importantes municípios da região, em especial por conta de seu grande parque industrial.

Fundação: 30 de agosto de 1911

Feriados municipais

  • 30 de agosto – Aniversário da cidade
  • 08 de dezembro – Dia da Imaculada Conceição
  • Feriado móvel – Jubileu de Nossa Senhora das Dores, comemorado desde 1806´na sexta-feira que antecede a Sexta-feira da Paixão

Eventos

A manhãs dos sábados e dos domingos são tomadas por artesanato da mais pura expressividade cultural de Uberlândia. As exposições ocorrem nos bairros Eldorado e Amazonas. Aliás, neste último, ela existe já há mais de 35 anos.

A Folia de Reis que ocorre em janeiro é uma das mais importantes festas devocionais da cidade. Seus personagens, seus cantos, seus ritmos, suas rezas e indumentária compõem a tradição de quase 150 anos.

4⁰. – Juiz de Fora

Juiz de Fora está a quase 300km de distância da Capital, Belo Horizonte. Conta com população de pouco mais de 560 mil habitantes, o que o torna o quarto município mais populoso do estado.

Emancipou-se da cidade de Barbacena em 1850. O nome da cidade explica razoavelmente a situação em si em que foi batizado. Segundo a tradição histórica, trata-se justamente de certo juiz de Direito que foi nomeado pela Coroa Portuguesa para atuar na região.

Por ter se hospedado naquelas terras durante sua missão, a região foi nominada Sesmaria de Juiz de Fora (sesmaria era porção de terra ofertada pelo governo português com destino especialmente à produção agrícola).

A crise econômica brasileira de 1929 abalou consideravelmente a região em que Juiz de Fora se situa. A cidade passou a se reerguer somente a partir de 1960.

Fundação: 31 de maio de 1850

Feriados municipais

  • 31 de maio – Aniversário da cidade
  • 13 de junho – Dia de Santo Antônio, padroeiro municipal

Eventos

Um dos principais eventos do município é o Carnaval de Juiz de Fora. A popularidade do evento remonta ainda da época de sua emancipação. A população aproveitou o clima de “independência” para justificar a euforia carnavalesca.

Juiz de Fora é também sede de um dos mais belos e prestigiados shows de música. É o Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga, que acontece em julho.

5⁰. – Betim

Betim está na Região Metropolitana de Belo Horizonte e é o quinto município mais populoso do estado. Detém mais de 430 mil habitantes conforme previsão de 2018.

Em verdade, há poucos registros descritivos da ocupação da região de Betim à época da chegada dos luso-brasileiros no século XVIII. A região foi ocupada a partir do final do século XVII. Sertanistas e aventureiros paulistas identificaram presença de metais e pedras preciosas e para lá se dirigiram.

Fundação: 17 de dezembro de 1938

Feriados municipais

  • 16 de julho – Comemora-se o dia da padroeira do município, Nossa Senhora do Carmo
  • 20 de novembro – Dia da Consciência Negra
  • 17 de dezembro – Aniversário da cidade

Eventos

As festas juninas e julinas são bastante concorridas no município. As festividades em homenagem à padroeira da cidade coincide com essas festas e, portanto, a grandiosidade é absoluta.

6⁰. – Montes Claros

Montes Claros localiza-se a norte da capital do estado a mais ou menos 420km de distância. Tem pouco mais de 400 mil habitantes. Foi emancipada ainda no século 19. A base econômica da cidade é indústria e comércio.

Há dois séculos e meio, a região onde hoje é o município de Montes Claros tinha apenas os índios Anais e Tapuias. Porém, em volta de 1768, os bandeirantes passaram a vasculhar a região em busca de ouro e prata.

Fundação: 03 de julho de 1857

Feriados municipais

  • 03 de julho – Aniversário da cidade
  • 20 de novembro – Dia da Consciência Negra

Eventos

Nos últimos anos, a prefeitura do município tem procurado estimular o desenvolvimento socioeconômico. Assim, investe no segmento de festas e eventos. O Festival do Pequi acontece em janeiro e é altamente produtivo para a cidade de maneira geral. O Carnaval é comemorado com o evento Carnamontes e tem sido uma das grandes festas da cidade.

Já o Festival Internacional de Danças Folclóricas, que acontece em maio, tem se transformado em atrativo especial para habitantes das cidades vizinhas. Logo depois, as festas juninas e julinas marcam a tradicionalidade abundante em Montes Claros.

7⁰. – Ribeirão das Neves

O município de Ribeirão das Neves também está localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Trata-se do sétimo município mais populoso do estado com seus pouco mais de 330 mil habitantes.

Já foi considerada um “município dormitório”, pois os moradores buscavam trabalho na Capital por conta da escassez de vagas na cidade e da proximidade com aquele município. Com rápido desenvolvimento, a economia do município hoje está mais forte e concentra-se na indústria e no comércio em geral.

Fundação: 12 de dezembro de 1953

Feriados municipais

  • 05 de agosto – Dia de Nossa Senhora das Neves
  • 28 de outubro – Dia do Servidor Público
  • 12 de dezembro – Aniversário da cidade

Eventos

É possível que não haja festividade mais popular em Ribeirão das Neves que a destinada às comemorações do dia da padroeira da cidade, Nossa Senhora das Neves. É realmente o orgulho para o município que, com alegria e religiosidade, recebe muitos visitantes e convidados.

O estado rais produz eventos suficientes para encher um ano de inteiro de eventos e datas especiais que poderiam ser feriados em Minas Gerais. Pode ser que você tenha alguma data especial em Minas Gerais que gostaria que fosse feriado. Que tal deixar isso registrado na área de comentários abaixo?