Menu fechado

Feriados em São Paulo

feriados em são paulo

O estado de São Paulo congrega os maiores valores econômicos e culturais da América do Sul e políticos do Brasil. Sua capital é a maior cidade da América Latina. Os dados que comprovam a importância do estado são exorbitantes. Veja alguns logo abaixo e conheça os feriados em São Paulo.

Sua capital é São Paulo e faz parte da região Sudeste. O adjetivo gentílico que anuncia seus nascidos é paulista ou bandeirante. O censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE demonstrou que a população do estado ultrapassava 45,5 milhões de habitantes em 2010. Isso significa uma densidade demográfica de 183 pessoas por quilômetro quadrado.

O estado contém 645 municípios, que produzem renda per capita de mais 45,5 mil reais e um PIB de quase 2 trilhões, segundo dados de 2015, e atingiu o Índice de Desenvolvimento Humano – IDH de 0,783 em 2010.

Veja abaixo a importância do feriado de 09 de julho em São Paulo e, no tópico Adendo, significado de alguns termos necessariamente usados neste artigo.

Feitos que mereciam ser feriados em São Paulo

feriados em são paulo
Alguns feitos e acontecimentos históricos deveriam ser feriados em São Paulo.

Se você buscar a história dos primeiros passos para desenvolvimento da nação brasileira desde o Império, a história de S. Paulo vai estar no meio. Se você contar a história da indústria automobilística do Brasil, vai resvalar na história bandeirante. É tão plena de fatos que até merece compor a lista de feriados em São Paulo.

Se você quiser conhecer as características de comportamento e cultura da esmagadora maioria dos povos do mundo, basta analisar o comportamento da população de São Paulo. O estado de São Paulo abriga quase todos os povos do Planeta. Em alguma cidade, em alguma localidade, há uma comunidade representante de qualquer povo.

Assim, é natural que o estado seja também rico em grandes fatos e grandes feitos.

As Bandeiras

Dom Pedro firmou a independência do Brasil de Portugal 1822. Foram muitos os objetivos; um deles, manter o resultado das riquezas em território brasileiro. Entretanto, os paulistas já tinham um movimento que explorava tais riquezas naturais havia muito tempo.

Então, esse movimento era chamado “Bandeirantes”. O objetivo foi avançar pelas matas paulistanas para encontrar riquezas. Certamente, foram décadas de muitas histórias e aventuras.

O Ciclo do Café

Até fins do século XVIII, o estado de São Paulo não tinha ainda descoberto sua tendência a ser o maior do país. A população vivia da subsistência de plantação de diversas culturas, em especial a cana-de-açúcar. Entretanto, os resultados eram pífios. Somente com o advento do “Ciclo do Café” foi que o estado passou a fazer parte da vida social e política do país.

Então, em fins do século XVIII e inícios do XIX, a cana deu lugar ao café. Com isso, foram necessárias muitas melhorias logísticas para que a enorme produção chegasse aos quatro cantos do mundo. Com toda certeza, teve aí a formatação de “grande estado” que São Paulo traz consigo até hoje.

Essa fase de expansão coincidiu com movimentos fortalecidos contra a escravidão. Assim, São Paulo passou a receber imigrantes de todas as partes do mundo para que estes trabalhassem na produção de café. Eles se espalharam por todo o território do estado.

Feriados em São Paulo: 09 de julho

feriados em são paulo
Alguns feriados em São Paulo celebram datas historicas.

Os ciclos da cana-de-açúcar e do café transformaram o estado. Com isso, criou-se também um estado oligárquico (veja mais sobre “oligarquia” em “Adendo” mais abaixo). Foi nessa época que o status de produtor de café começou a perder força e dar espaço para o estado industrializado. Com tantos imigrantes chegados e chegando com constância, multiplicaram-se iniciativas de empreendimentos. A malha ferroviária começou a se alastrar.

Porém, necessidades de malha elétrica também se mostraram fortes. Foi nesse período que a oligarquia cafeeira viveu seu ápice total. Entretanto, a Revolução de 1930 alterou esse estado das coisas e outros estados passaram a ocupar postos importantes na vida política, especialmente o Rio Grande do Sul.

A Revolução de 1930 constituiu-se de movimento armado que Minas Gerais, Paraíba e Rio Grande do Sul lideraram a fim de depôr o governo do presidente da república Washington Luís. Esses e outros estados estavam descontentes com os rumos políticos e econômicos do país. Assim, o presidente eleitor Júlio Prestes foi impedido de tomar posse, o que deu fim à República Velha e início do poder de Getúlio Vargas.

09 de Julho, comemoração do Movimento Constitucionalista de 32

Assim, dois anos depois, com perda de força política no país, os produtores de café e outros grupos oligárquicos promoveram a Revolução Constitucionalista de 1932. Apesar do empenho e do poder político, essa revolução não progrediu. O gaúcho Getúlio Vargas instituiu seu poder.

A instabilidade política se manteve até o fim da Segunda Guerra Mundial. São Paulo não aceitava o avanço da Revolução de 30 e promoveu movimentos em favor de nova Constituição para o país. Daí, o nome de Revolução Constitucionalista. Dessa maneira, em contraforça paulista, o governo federal enviou interventor no estado.

Nesse contexto revolucionário, em 23 de maio de 1932, um grupo de jovens paulistas tentou invadir a sede do governo federal que ficava na Praça da República, bem no centro da Capital. Esse ato resultou em 4 vítimas fatais de imediato: Martins, Miragaia, Dráuzio e Camargo, o chamado MMDC. Meses depois, outro revolucionário também morreria em decorrência de ferimentos da luta: Alvarenga.

Dessa forma, o movimento constitucionalista que estava se formando meses antes explodiu em 09 de julho.

Feriados em São Paulo nas 10 maiores cidades

feriados em são paulo
Algusn feriados em São Pualo se estendem aos seus principais municípios.

O estado de São Paulo é composto por quase 650 municípios. Desses, 39 fazem parte da chamada “Grande São Paulo”, cujo nome oficial é “Região Metropolitana do Estado de São Paulo – RMESP”. Dentro desta, ainda há outra menor que congrega 4 importantes municípios, a Região do ABC, com Santo André, São Bernardo, São Caetano, além de Diadema e Mauá.

Veja abaixo feriados em São Paulo nas 10 maiores cidades.

1ª. – São Paulo

Capital do estado, é a maior cidade não apenas no estado, como também da América Latina. Concentra quase 35% de toda a população do estado.

FundaçãoFeriados municipais:

  • 25 de janeiro – Aniversário da cidade
  • 09 de julho – Revolução Constitucionalista
  • 20 de novembro – Dia da Consciência Negra

Eventos: certamente, o maior evento da cidade é o Carnaval. Entretanto, as festividades durante o aniversário da cidade são intensas. Em março, são organizados a Meia Maratona Internacional de SP, com 21km de extensão e o festival de música Lollapalooza, com shows musicais de todos os tipos com artistas de renome nacional e internacional.

No esporte, a Taça São Paulo atrai times juvenis do país inteiro, com seu término exatamente no aniversário da cidade. Por outro lado, nos últimos anos, a Virada Cultural tem se transformado no maior evento do município e acontece normalmente em maio.

2ª. – Guarulhos

  • Emancipação: 24 de março de 1880
  • Fundação: 08 de dezembro de 1560

Feriados municipais

  • 08 de dezembro – Aniversário da cidade
  • 20 de novembro – Dia da Consciência Negra

É a segunda maior cidade do estado. Foi fundada em 1560. Diversos pontos de apreciação de fauna e flora fazem da cidade grande atrativo turístico. Destaque para o Parque Estadual Cantareira (Núcleo Cabuçu), também conhecido por Reserva Estadual da Cantareira, com 2 550 hectares.

3ª. – Campinas

  • Emancipação: 14 de dezembro de 1797
  • Fundação: 14 de julho de 1774

Feriados municipais

  • 14 de julho – Aniversário da cidade
  • 20 de novembro – Dia da Consciência Negra
  • 08 de dezembro – Comemoração da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Conceição

Eventos

Em abril, Campinas organiza o Campinas Anime Fest. Foi um dos municípios mais importantes durante os ciclo da cana-de-açúcar e do café acima mencionados. Na atualidade, mantém-se ativamente a partir de indústrias diversas e da força do comércio.

4ª. – São Bernardo do Campo

  • Emancipação: 12 de março de 1889
  • Fundação: 20 de agosto de 1553

Feriados municipais

  • 20 de agosto – Aniversário da cidade
  • 20 de novembro – Dia da Consciência Negra

A história de S. Bernardo do Campo está vinculada diretamente com a história da Capital do estado e com sua vizinha Santo André. Isso se deu com o desenvolvimento desta última (chamada antes Santo André da Borda do Campo), poucas décadas após a colonização do Brasil e pela ação dos bandeirantes.

Já na década de 80, S. Bernardo do Campo foi palco do advento do Partido dos Trabalhadores, que viria a governar o país quase 20 anos depois.

5ª. – Santo André

  • Emancipação: 30 de novembro de 1938
  • Fundação: 08 de abril de 1553

Feriados municipais

  • 08 de abril – Aniversário da Cidade
  • 20 de novembro – Dia da Consciência Negra

Eventos

O município organiza a Corrida Rústica e Caminhada sempre em abril, que atrai uma multidão todos os anos. Em julho, um grande evento cultural movimenta toda região. Trata-se do Festival de Inverno de Paranapiacaba.

Santo André é tida como a 14a. cidade brasileira mais desenvolvida. Quanto ao estado, está na 8a. posição. Sendo vizinha de S. B, do Campo, teve enorme participação no movimento dos metalúrgicos que deu origem ao Partido dos Trabalhadores.

6ª. – São José dos Campos

Fundação: 27 de julho de 1767

Feriados municipais

  • 19 de março – Dia de São José, padroeiro da cidade
  • 27 de julho – Aniversário da cidade

Eventos

J. dos Campos possui muitos espaços para realização de eventos culturais diversos que ocorrem em várias oportunidades durante o ano inteiro.

É sede da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, localizando-se a leste da capital do estado. O município está anexado ao Complexo Metropolitano Expandido juntamente com Campinas, Sorocaba e Baixada Santista (veja mais sobre esse Complexo no tópico adendo).

Até 1767, São José dos Campos não era tida nem mesmo como vila, fazendo parte da região de maneira comum. A partir da plantação de café, no século XIX, a cidade já passou a mostrar certa importância. Entretanto, a tendência agricultural foi engolida pela tendência industrial.

7ª. – Osasco

Fundação: 19 de fevereiro 1962

Feriados municipais

  • 19 de fevereiro – Aniversário da cidade
  • 13 de junho – Dia Santo Antônio de Lisboa, padroeiro da cidade

Osasco é uma das cidades mais novas do estado. Faz parte da Grade S. Paulo. Até sua fundação, era considerado bairro da Capital. Aliás, foi idealizado justamente como bairro nobre. Entretanto, com crescimento rápido, precisou e conseguiu se emancipar.

É região de grande importância industrial e comercial para todo o estado de S. Paulo. Osasco é o 7o. município mais populoso do estado, com quase 800 mil habitantes. É também o 6o. PIB municipal do país, estando à frente de capitais brasileiras importantes, como Fortaleza, Salvador, Recife.

8ª. – Ribeirão Preto

Fundação: 19 de junho de 1856

Feriados municipais

  • 20 de janeiro – Dia de São Sebastião, padroeiro da cidade
  • 19 de junho – Aniversário da cidade
  • 20 de novembro – Dia da Consciência Negra

Ribeirão Preto possui quase 700 mil habitantes, tendo taxa de crescimento populacional maior que o dobro do mesmo crescimento da Capital. Está entre os 30 municípios brasileiros mais importantes em função de sua força na agricultura.

A fundação da cidade foi resultado de migração de mineiros nas épocas do ano 1856, quando o esgotamento das mineração naquele estado já era evidente. Deslocaram-se a região de Ribeirão Preto em busca de solo adequado para pastagem de seus animais.

Foi também nessa época, anos mais tarde, que a população local se identificou como produtora de café.

9ª. – Sorocaba

Fundação: 15 de agosto de 1654
Feriados municipais: 15 de agosto – Aniversário da cidade

A cidade compõe a Região Metropolitana de Sorocaba e a Mesorregião Macrometropolitana Paulista (veja mais abaixo sobre essa forma de composição regional). Trata-se da 4a. cidade mais populosa do interior paulista, com quase 700 mil habitantes.

Sorocaba é uma das regiões industriais mais importantes do estado. Seu PIB atinge 32 bilhões, classificado como o 19o. do país. Esse valor é maior que os PIBs de capitais brasileiras como Belém, Vitória, São Luís e provém não apenas das indústria, mas igualmente do comércio e da prestação de serviços.

10ª. – Mauá

Emancipação: 22 de novembro de 1953
Fundação: 01 de janeiro de 1954
Feriados municipais: 08 de dezembro – Aniversário da cidade

Mauá pertence à área conhecida como Região do ABC Paulista. É polo industrial de grande notabilidade econômica por conta da formação de seu território: 33% de área industrial e 10% de área rural e do Parque Estadual da Serra do Mar.

Com seus quase 500 mil habitantes, Mauá é um dos 50 municípios mais populosos do país.

Adendo

Complexo Metropolitano Expandido ou Macrometrópole

É conceito criado para facilitar a governabilidade dos estados. Trata-se de conjunção de grandes cidades que ocupam normalmente a área em torno das capitais que, de uma ou de outra maneira, apresentam grande importância político-econômica para o estado.

Aliás, no caso da Macrometrópole Paulista é a única região com tais características no hemisfério sul. Compreende as regiões metropolitanas de Campinas, da Baixada Santista, do Vale do Paraíba e de Sorocaba e mais outras cidades próximas.

Mesorregião Macrometropolitana

É qualquer subdivisão dentro dos estados que abranja municípios com características econômicas semelhantes. Nesse caso, não importa o tipo de economia que a região tenha assumido ao longo de seu desenvolvimento. Sendo similares, os municípios são considerados integrantes de mesorregião.

Oligarquia

Regime político em que o poder é exercido por pequeno grupo. Pode ser uma família de nome forte, um partido poderoso ou ajuntamento de pessoas muito ricas).

Então, é isso. Os feriados em São Paulo têm importância político-social enorme. Se você tiver mais curiosidades sobre tais feriados, comunique abaixo na área de comentários.