Menu fechado

Feriados no Ceará

Para falar de feriados no Ceará, é preciso conhecer antes o Siará que, aliás, é um dos mais belos estados do país. Foi do Siará que saíram gênios como Chico Anysio, Renato Aragão, Natércia Campos, José de Alencar etc. É no Siará que a gente tem Fortaleza, uma terra de sonhos. Siará é “Terra da Luz” e “Terra do Humor”.

E Albert Einstein tem um pezinho também nesse estado fantástico no Brasil. Veja mais sobre isso logo abaixo. Talvez isso fosse motivo para haver mais feriados no Ceará.

Porém, Siará não é apenas terra de gênios. É também de belezas naturais. O jornal americano Washington Post já atestou isso. Publicou matéria em 1987 em que mostrou Jericoacoara como uma das 10 praias mais belas de todo o mundo. Depois disso, outros órgãos e outros jornais têm confirmado essa condição ao longo dos anos.

Quer mais? O Siará se separa de Piauí e de Pernambuco por um belo e producente jardim paleontológico, a Chapada do Araripe. Trata-se de um dos depósitos de fósseis mais importantes porque, por algum motivo, mantém as peças em excelente estado físico.

E por que “Siará”?

Diversos estudiosos alegam que “Ceará” tem origem em um termo tupi-guarani. O padre, geógrafo e historiador Aires de Casal, por exemplo, disse que o termo significa “canto da jandaia”.

Aliás, “jandaia” é nome de um pássaro abundante nativo do Nordeste que se tornou símbolo do Ceará. A opinião de Casal é tão importante que até José de Alencar a usou em “Iracema”.

Mas há outras versões. Uma delas diz que o som de “Ceará” nasceu de erro de pronúncia de “Siri-Ará”, palavra também de origem tupi-guarani. Porém, o significado não é muito interessante para o povo cearense, pois quer dizer “andar para trás”. Nesse caso, o povo prefere ignorá-la.

E por que “Terra da Luz”?

Porque Ceará foi o primeiro estado do país a abolir a escravidão. Aliás, isso aconteceu 4 anos antes de a princesa Isabel assinar a Lei Áurea. Então, o abolicionista José do Patrocínio quis homenagear o pioneirismo do estado e criou o epíteto para o formoso Ceará.

Foi em 25 de março de 1884 que as campanhas em favor da abolição finalmente ganharam a batalha social. Todos os escravos foram libertados. E sem dar qualquer espécie de explicações a Dom Pedro II. Dizem outros que o apelido se dá porque o sol brilha praticamente o ano inteiro nas terras cearenses.

Ceará

A própria existência de um estado tão fantástico já deveria ser impulso para haver mais feriados no Ceará. Ele está bem ao norte da Região Nordeste. O Oceano Atlântico está ao norte e nordeste do estado; o Rio Grande do Norte e a Paraíba estão a leste; Pernambuco se encontra ao sul; Piauí está mais a oeste. O estado inteiro tem pouco mais de 9 milhões de habitantes, conforme estimativa do IBGE em 2018.

Há 184 municípios no estado. A produção física e de serviços de todos eles eleva o PIB do Ceará. A economia do estado chegou ao posto de terceira maior da Região Nordeste, além de ser o nono PIB do país.

A beleza do litoral do estado é conhecida no mundo inteiro. Porém, é pela religiosidade popular que o Ceará é sentido mais fortemente pelos brasileiros. Além disso, os talentos do humor do povo cearense estão espalhados por todo o solo do país.

Tradicionalmente, a jangada é considerada o maior símbolo do estado. Veem-se facilmente muitas delas ao longo da costa cearense. Ceará é um estado de “fortes”. A gente mencionou acima alguns de seus talentos no humor, mas há muitos outros artistas nativos de lá:

  • Escritores: José de Alencar, Rachel de Queiroz, Juvenal Galeno
  • Poetas: Patativa do Assaré
  • Juristas: Clóvis Beviláqua
  • Religiosos: Dom Hélder Câmara, Padre Cícero
  • Políticos: Castelo Branco, o “cearense do século”. O Ceará também revelou atores e cineastas: José Wilker, Gero Camilo, Luiza Tomé, Karim Aïnouz
  • Ciências: Casimiro Montenegro Filho, Fernando de Mendonça, Maurício Peixoto, Cláudio Lenz Cesar

Como se vê, Ceará é realmente “terra de fortes”. Em verdade, a data de nascimento de cada uma das personagens acima deveria ser comemorada como se fossem feriados no Ceará.

Feriados no Ceará

Todos os municípios cearenses têm pelo menos um padroeiro. Já o padroeiro do Ceará é São José. As comemorações de seu dia, 19 de março, é feriado estadual e fazem parte do calendário religioso.

Interessante: a tradição popular cearense, além da tradição de profetas que, aliás, são muitos no estado, mostram que o Dia de S. José é muito importante para o cearense. Diz-se que, se chover no dia do santo, as chuvas na estação fria vão jorrar nas plantações. Caso contrário, a população precisa se preocupar com a seca. Coincidentemente, o equinócio acontece nesse dia.

Feriados no Ceará nas 5 maiores cidades

1⁰. – Fortaleza

A Capital do Ceará se desenvolveu nas proximidades do riacho Pajeú e seu nome tem vínculos com o forte Schoonenborch. Aliás, foi esse forte que originou o município, construído por holandeses entre 1649 e 1654.

É possível descrever as características do fortalezense por meio da única palavra encontrada em seu brasão: Fortitudine pois quer dizer força, valor, coragem em latim.

Fortaleza possuía mais de 2,6 milhões de habitantes. É a maior cidade do Ceará e a quinta maior do Brasil. Representa importante centro industrial e comercial do Brasil.

O turismo é fonte econômica de grande importância para o estado inteiro, já que se transformou no segundo destino mais buscado do país. Assim, Fortaleza foi incluída no Mercado Comum de Cidades do Mercosul.

Fundação: 13 de abril de 1726

Feriados municipais

  • 13 de abril – Aniversário da cidade (é considerado facultativo, mas a maioria da população comemora)
  • 19 de março – Dia de São José, padroeiro do Ceará
  • 25 de março – Dia da Libertação dos Escravos no Ceará – Data magna do estado
  • 15 de agosto – Dia de Nossa Senhora da Assunção, padroeira da cidade

Eventos

A agenda de eventos de Fortaleza tem iniciativas durante praticamente o ano inteiro. Assim, é possível participar de todo tipo de festa, incluindo as eruditas.

O Carnaval, por exemplo, é momento de muita descontração e alegria. Aliás, não há exatamente um local em que haja manifestações mais intensas. As festividades são espalhadas por toda a cidade. E tudo dura o mês inteiro, começando com bandas e blocos para aquecer a turba.

E, então, se você gosta de bagunça, experimente o “mela mela”, festas em vários locais que se constituem de brincadeiras de sujar uns aos outros ao ritmo de axé, forró, samba e swingueira. Você vai se lambuzar com sprays de espuma, goma e ovo, além de mel.

Em julho, a cidade organiza o Fortal. O evento sempre apresenta novidades. Elas são atrativas não apenas para a população local, mas igualmente para turistas que seguem para a cidade exclusivamente para isso. Para se ter uma ideia, as atrações musicais são vistas por 500 mil pessoas anualmente.

As festividades religiosas, entretanto, são muito concorridas. Acontecem em março e agosto. Milhares de pessoas seguem para expor sua fé e religiosidade.

2⁰. – Caucaia

O município faz parte da Região Metropolitana de Fortaleza. A população conta com mais ou menos 360 mil habitantes conforme estimativa do IBGE em 2018. O Índice de Desenvolvimento Humano – IDH da cidade tem se apresentado alto para os padrões do país (0,727). A cidade, ainda, detém o terceiro PIB do estado.

Parte desse crescimento se deve ao campo turístico, pois o município dispõe do segundo maior fluxo de visitantes do estado.

Fundação: 15 de outubro de 1759

Feriados municipais

  • 15 de agosto – Dia da Nossa Senhora dos Prazeres
  • 15 de outubro – Dia de Caucaia – Aniversário da cidade

Eventos

Em outubro, as comemorações do aniversário da cidade costumam ser evento especialíssimo. A Prefeitura organiza uma série de ações durante dias que vão desde os formais e até os mais coloquiais.

Já em agosto, exposição de artes, artesanatos, quermesses, teatro e outras atividades lembram o Dia de Nossa Senhora dos Prazeres, padroeira da cidade. A missa é solenidade acompanhada por centenas de pessoas.

Há três locais específicos em que as atrações acontecem. Na Praça da Matriz, eventos litúrgicos; no Anfiteatro, exibições de filmes e peças teatrais; no Espaço Cultural, shows e apresentação de bandas.

3⁰. – Juazeiro do Norte

O município está localizado na Região Metropolitana do Cariri, no sul do estado. Em 2017, tinha população de 270 mil habitantes mais ou menos. A marca característica mais evidente da cidade se mostra na religiosidade. Isso se dá por conta da vida e da figura de Padre Cícero.

Aliás, em termos de religiosidade, está ao lado de mais dois grandes centros de fé: Aparecida em São Paulo e Nova Trento em Santa Catarina. Também por conta da vida de “Padim Ciço”, a cidade se especializou em produção e comércio de artesanato e cordel.

O nome da cidade provém da abundância do fruto típico do Nordeste. “Juá” que dizer “fruto com espinho” em tupi-guarani. E, apesar de ter “do Norte” no nome, está localizado na parte sul do estado.

Fundação: 22 de julho de 1911

Feriados municipais

  • 24 de março – Aniversário de Padre Cícero
  • 22 de julho – Aniversário da cidade
  • 15 de setembro – Dia de Nossa Senhora das Dores

Eventos

O Carnaval tem sido considerado um dos eventos mais seguros da região. Essa preocupação se dá porque a estrutura da cidade permite que milhares de pessoas compareçam às festas. Assim, a segurança se tornou uma das maiores fontes de cuidados das autoridades.

Porém, o aniversário de Padre Cícero, em março, não tem concorrentes em termos de festividades. Milhares de pessoas comparecem para homenagear o religioso que é tido como santo por todos os cearenses e pela maioria da população da Região Nordeste.

Uma infinidade de eventos se entende por toda a semana de comemorações. Música, arte, teatro, celebração de missas etc. É momento em que todos os estados da região se fazem representar por romeiros.

E não se pode falar em festividades em Juazeiro sem falar em festas juninas. É um dos marcos mais importantes das características da cidade. Tudo o que se espera de tradição está presente nesses meses, em especial as gincanas e as quadrilhas juninas.

4⁰. – Maracanaú

O nome da cidade tem origem na presença marcante do pássaro “marakanã”. Em tupi-guarani, “Maracanaú” significa “rio das maracanãs”. Está localizado a menos de 25km da Capital, Fortaleza. Trata-se do maior centro industrial do estado. Por isso, seu PIB está atrás apenas da Capital no ranking do estado.

Fundação: 08 de janeiro de 1890
Emancipação: 06 de março de 1983

Feriados municipais

  • 06 de março – Aniversário da cidade
  • 19 de março – Dia de São José
  • 13 de junho – Dia de Santo Antônio

Eventos

A população de Maracanaú é extremamente festeira, Há eventos praticamente durante todo o ano. Janeiro é mês de homenagem a São Sebastião, com iniciativas culturais e tradicionais de primeira linha. Em março, a Festa do Padroeiro, São José, para a cidade inteira e atrai visitantes das regiões vizinhas.

Também em março, a cidade promove o Festival da Poesia, com muito cordel e saraus, em que também comemora o aniversário. As festividades juninas são o momento mais esperado pelos festeiros maracanauenses. O Festival de Quadrilhas tem disputas das mais acirradas.

5⁰. – Sobral

Sobral é o segundo município mais populoso do interior do Ceará. É também o segundo município mais desenvolvido, com quase 90% de taxa de urbanização e excelente arrecadação de ICMS.

Um dos orgulhos sociais de Sobral é sua liderança em postos oficiais de trabalho. Isso é reflexo do poder de exportação de seus produtos, ficando atrás somente da Capital nesse quesito econômico. Assim, o PIB do município ficou em torno de 4 bilhões em 2018.

Nesse cenário, Sobral tem a melhor educação pública da região. Tornou-se o maior centro universitário do Ceará.

Interessante: há uma relação forte entre Albert Einstein e Sobral. O cientista alemão precisava demonstrar sua Teoria da Relatividade Geral. Para isso, procurou local em que pudesse calcular com mais precisão a curvatura do espaço-tempo. Sobral e Ilha de Príncipe, na África, foram os locais escolhidos.

Então, as equipes de cientistas ingleses foram enviadas. O dia em Sobral estava perfeito para análises e averiguações. Já na África, o clima não colaborou. Entretanto, os cientistas no Brasil puderam avaliar com excelente nível de certeza que a Teoria do alemão estava correta. Isso em 1919.

Fundação: 05 de julho de 1773

Feriados municipais

  • 05 de julho – Aniversário de Sobral
  • 08 de dezembro – Dia de Nossa Senhora Conceição

Eventos

Em fins de setembro e começo de outubro, Sobral realiza um dos mais concorridos novenários do Nordeste. A homenagem religiosa é em prol de São Francisco. Verdadeira multidão (8 mil pessoas em média) acompanha a procissão que sai da igreja do centro da cidade. Essa celebração reúne cerca de 8 mil pessoas.

Já em junho e julho, há as festas juninas e julinas. As iniciativas são em comemoração a Santo Antônio e São Pedro. É possível que não haja festividades mais alegres e descontraídas que essas em toda a cidade.

Quer saber mais sobre feriados no Ceará? Ou outras curiosidades sobre esse estado brasileiro extraordinário? Deixe suas sugestões ou questão na área de comentário logo abaixo.