Menu fechado

O que é CDC e como funciona?

O que é CDC

O CDC pode ser uma boa alternativa para você adquirir um bem de valor elevado. Mas o que é CDC?

Entre as diferentes modalidades de empréstimos e financiamentos disponíveis no mercado, o CDC pode ser a mais indicada em determinadas situações, mas sempre é preciso pesquisar e comparar as alternativas.

Neste artigo, você vai conhecer as principais características dessa modalidade de empréstimo. Acompanhe.

O que é CDC

O que é CDC
O que é CDC: Crédito Direto ao Consumidor

CDC, ou Crédito Direto ao Consumidor, é uma modalidade de empréstimo oferecida por instituições financeiras ou estabelecimentos comerciais a seus clientes.

A liberação desse crédito normalmente está ligada à aquisição parcelada de um bem ou serviço.

Porém, na definição do Banco Central sobre o que é CDC, ele é classificado como uma modalidade de empréstimo e não como uma forma de financiamento.

A principal diferença entre um empréstimo e um financiamento é que, no empréstimo, o cliente pode utilizar o crédito liberado como quiser, enquanto no financiamento o crédito tem uma destinação específica.

Assim, em algumas instituições financeiras, é possível contratar um CDC e ter o valor do empréstimo creditado em conta corrente.

Já no comércio, o CDC toma a forma de um crediário para a aquisição imediata de produtos, com pagamento parcelado.

Uma das formas mais utilizadas de CDC no país é a da aquisição de veículos. As compras parceladas em cartão de crédito também podem ser consideradas operações de CDC.

No CDC, o parcelamento de compras chega a ser de até 60 meses, com taxas de juros que aumentam à medida que o prazo se torna maior.

Caso o cliente tenha condições de antecipar a quitação de parcelas futuras, pode obter descontos em relação ao valor original a ser pago.

Em muitos casos, o bem adquirido é dado como garantia para a operação. Assim, caso o cliente não consiga pagar as parcelas do CDC, corre o risco de perder o bem.

Por outro lado, tendo o bem como garantia, a instituição pode oferecer taxas de juros mais baixas.

Quando não é possível ter o bem como garantia, normalmente há necessidade de um avalista para a contratação do crédito.

A análise de crédito

O que é CDC: é preciso uma análise de crédito para conseguir um CDC.
O que é CDC: é preciso uma análise de crédito para conseguir um CDC.

A contratação de um CDC sempre exige uma análise de crédito. É ela que determina se o crédito será concedido.

Para a aprovação na análise de crédito, é preciso que o cliente não tenha restrições nos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito e comprove ter uma fonte de renda.

A aprovação do crédito poderá ser dificultada caso o cliente já tenha parte de sua renda comprometida com o pagamento de outros financiamentos ou empréstimos.

O histórico de transações bancárias também poderá ser avaliado.

Por outro lado, muitos bancos  oferecem valores pré-aprovados de crédito a determinados clientes, uma vez que já conhecem o seu perfil. Nesse caso, a facilidade de contratação é ainda maior.

Quando recorrer ao CDC

O que é CDC: Há algumas situações em que se pode pedir um CDC.
O que é CDC: Há algumas situações em que se pode pedir um CDC.

Sabendo o que é CDC, antes de recorrer a ele ou a qualquer outra modalidade de crédito, é preciso avaliar algumas importantes questões. Por exemplo:

  • Há necessidade de adquirir esse bem?
  • Há necessidade de adquirir esse bem agora?
  • Há possibilidade de arcar com o valor correspondente à aquisição desse bem à vista?
  • Há possibilidade de arcar mensalmente com o valor correspondente ao parcelamento na aquisição desse bem?
  • Até que valor de parcela cabe dentro do orçamento mensal?
  • Existem outras opções de crédito mais baratas que o CDC?
  • Etc.

Portanto, a decisão de recorrer ao CDC (ou a qualquer outra modalidade de empréstimo ou financiamento) deve ser fruto de um bom planejamento financeiro.

O CDC, ou o crédito de uma forma geral, torna-se interessante quando há uma necessidade inadiável de se adquirir determinado bem, ou quando essa aquisição traz benefícios que compensam algum sacrifício e o comprometimento de parte do orçamento mensal.

Mesmo assim, nunca perca de vista o seu equilíbrio financeiro. Do contrário, o CDC será mais um item a contribuir para a formação de uma bola de neve sobre as suas contas no final do mês.

E como em tudo que envolve finanças, vale sempre uma pesquisa de mercado para encontrar as melhores opções de empréstimos ou financiamentos, de acordo com a sua necessidade e a sua condição financeira atual.

CDC: vantagens e desvantagens

Para avaliarmos as vantagens e desvantagens do CDC, precisamos definir alguns critérios.

Por exemplo, não consideraremos aqui uma comparação entre adquirir e não adquirir o bem, pois:

  • Se for possível não adquirir o bem, essa sempre será a opção mais econômica;
  • Se for possível aguardar até ter dinheiro suficiente para adquirir o bem à vista, essa também será uma opção sempre melhor do que recorrer a um empréstimo ou financiamento.

Assim, a comparação que cabe é: dada a necessidade de se adquirir o bem agora, quais são as vantagens e as desvantagens de se recorrer ao CDC?

Entre as principais vantagens na contratação de um CDC, podemos citar:

  • A rapidez na análise e aprovação da proposta;
  • Taxas de juros mais baixas que outras modalidades como o cheque especial, o rotativo do cartão de crédito e o crédito pessoal, principalmente se a operação for realizada com a alienação do bem adquirido; para quem tem à sua disposição uma linha de crédito consignado, vale a pena comparar as taxas antes de optar;
  • Facilidades no parcelamento; algumas operações chegam a oferecer 60 meses para pagamento;
  • Modalidades específicas de contratação, de acordo com o produto ou serviço desejado;
  • Poder contar com o bem imediatamente.

Já como desvantagens, podemos citar:

  • Cobrança de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras);
  • Possível alienação do bem adquirido; mas nesse caso, é uma escolha: a desvantagem de ter o bem alienado pela vantagem de pagar juros mais baixos;
  • As taxas de juros podem ser altas, principalmente quando não há a possibilidade de oferecer o bem como garantia.

Conclusão

Agora que você sabe o que é CDC, procure utilizá-lo somente nas situações e nas condições em que você não venha a comprometer o equilíbrio de suas finanças. E lembre-se pesquisar e comparar taxas, prazos e demais condições, sempre.